PUB


Autarquia comprou antigo cinema para dar vida cultural à cidade

13-9-2016, Vale de Cambra     591
Foto Artigo

A Câmara Municipal de Vale de Cambra comprou o edifício do emblemático cinema da cidade, um investimento de 475 mil euros e que é o arranque de um projecto que irá trazer ao concelho de um novo pólo cultural. A ideia passa por dotar o espaço das condições necessárias para a promoção de eventos de grande dimensão, do teatro, à música, passando pela dança, congressos ou seminários.

A requalificação do antigo cinema, classificado como património de interesse municipal em Dezembro de 2014, servirá ainda como âncora de revitalização do centro urbano de Vale de Cambra, estando previsto o lançamento em breve de um concurso de ideias para o aproveitamento do imóvel. A assinatura da escritura pública de aquisição, já realizada, foi assim o primeiro passo para devolver o antigo cinema aos cambrenses, uma promessa do actual presidente da autarquia, José Pinheiro.

Actualmente, o edifício, que está localizado numa zona privilegiada do centro do concelho, encontra-se desactivado da sua função inicial, funcionando agora como espaço comercial. No entanto, as suas características construtivas são de uma sala de espectáculos com dimensões que permitem a sua afectação a um programa de intervenção diversificado. Dividido em três pisos, todos com acesso ao exterior, os mais de mil metros quadrados do antigo cinema contam ainda com diversos espaços, nomeadamente áreas técnicas, terraço, áreas de apoio, quatro lojas e garagem.

Inaugurado a 11 de Julho de 1970, o antigo cinema assumiu-se, desde logo, como uma referência no panorama cultural da região. Veiga Simão, então Ministro da Educação, presidiu à cerimónia de inauguração, que contou ainda com as presenças de figuras como o Governador Civil de Aveiro ou o à altura presidente da Câmara Municipal de Vale de Cambra, Prado e Castro. Com quase mil lugares sentados, e um cartaz que ia do cinema aos mais afamados espectáculos de variedades da época. Até ao início da década de 1990, tornou-se numa das âncoras de desenvolvimento cultural do concelho e espaço de reunião e encontro da população mais jovem.



zibiz.net